Bancos tradicionais se adaptam à inovação para manter competitividade

Bancos tradicionais se adaptam à inovação para manter competitividade
Bancos tradicionais se adaptam à inovação para manter competitividade

O presidente do Conselho da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Octavio de Lazari Junior, afirmou que, os bancos mantiveram o objetivo de incentivar a atividade econômica em 2023.

Lazari destacou a importância dos bancos para o funcionamento da economia, afirmando que eles são responsáveis por manter a máquina econômica em movimento. Ele também ressaltou a importância da inovação tecnológica para o setor bancário, que impõe mais concorrência e responsabilidades aos bancos.

“Permaneceremos na vanguarda das inovações tecnológicas, sem perder de vista o lado humano”, disse Lazari.

Presentes no almoço anual

No almoço anual dos banqueiros, além do comando dos maiores bancos brasileiros, também estiveram presentes o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e o presidente em exercício da República, Geraldo Alckmin.

As declarações de Lazari refletem a importância do setor bancário para o desenvolvimento econômico do Brasil. Os bancos são responsáveis por fornecer crédito, intermediar pagamentos e oferecer serviços financeiros essenciais para pessoas e empresas.

A inovação tecnológica está transformando o setor bancário, com o surgimento de novos modelos de negócios e a crescente concorrência de fintechs.

No entanto, os bancos tradicionais têm demonstrado capacidade de adaptação e inovação, e estão buscando maneiras de continuar a oferecer serviços de qualidade aos seus clientes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *