Como calcular o INSS: guia completo

Como calcular o INSS

O INSS, ou Instituto Nacional do Seguro Social, é um órgão público responsável por gerir os benefícios previdenciários no Brasil.

Os benefícios previdenciários são pagos aos trabalhadores que contribuem para o INSS, como aposentadoria, auxílio-doença, salário-maternidade, entre outros.

O cálculo do INSS é feito com base no salário de contribuição do trabalhador. O salário de contribuição é o valor que o trabalhador recebe por seu trabalho, independentemente de ser pago em dinheiro ou em espécie.

O INSS é calculado de acordo com uma tabela progressiva, que varia de acordo com o salário de contribuição. As alíquotas do INSS são as seguintes:

Faixa salarialAlíquota
Até R$ 1.320,007,5%
De R$ 1.320,01 a R$ 2.571,299%
De R$ 2.571,30 a R$ 3.856,9412%
Acima de R$ 3.856,9514%

Para calcular o INSS, basta multiplicar o salário de contribuição pela alíquota correspondente.

Por exemplo, se um trabalhador recebe um salário de R$ 2.000,00, o cálculo do INSS será feito da seguinte forma:

Salário de contribuição: R$ 2.000,00
Alíquota: 9%

INSS: R$ 2.000,00 * 0,09 = R$ 180,00

O INSS é descontado diretamente do salário do trabalhador, por meio da folha de pagamento. O trabalhador também pode fazer contribuições facultativas ao INSS, mesmo que não esteja trabalhando.

As contribuições facultativas podem ser feitas por qualquer pessoa, independente da idade ou da atividade profissional. As alíquotas das contribuições facultativas são as mesmas das contribuições obrigatórias.

Para fazer contribuições facultativas ao INSS, o trabalhador deve se dirigir a uma agência do INSS e solicitar a Guia da Previdência Social (GPS). A GPS pode ser paga em qualquer banco ou casa lotérica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *