Desenrola Brasil amplia parcelamento de dívidas para valores superiores a R$ 20 mil.

NewsPopular NewsRecent News
Programa desenrola Brasil
Programa desenrola Brasil

O programa Desenrola Brasil está abrindo novas oportunidades para quem deseja renegociar suas dívidas, ampliando os limites de parcelamento para valores que antes exigiam quitação à vista.

A partir desta segunda-feira (20), os consumidores terão a chance de parcelar dívidas com valor atualizado de até R$ 20 mil, um aumento significativo em relação ao limite anterior de R$ 5 mil.

Anteriormente, o programa permitia apenas o parcelamento de dívidas até R$ 5 mil, enquanto valores entre R$ 5 mil e R$ 20 mil exigiam pagamento integral. Agora, sob as novas regras do Desenrola Brasil, as operações podem ser divididas em até 60 vezes, com juros fixados em até 1,99% ao mês.

Os descontos oferecidos pelo programa são atrativos, com uma média de 83% nas dívidas, podendo alcançar até 99% em algumas situações. É válido ressaltar que o Desenrola Brasil não se restringe a dívidas bancárias, permitindo a negociação de contas atrasadas em diversos setores, incluindo energia, água e comércio varejista.

A Faixa 1 do programa, iniciada em outubro, destina-se a consumidores com renda de até dois salários-mínimos (R$ 2.640) ou inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal (CadÚnico). Esta etapa, que permanece vigente até 31 de dezembro de 2023, contempla a renegociação de dívidas negativadas entre 2019 e 2022, desde que seu valor atualizado não exceda R$ 20 mil.

Como acessar a plataforma e parcelar as dívidas no desenrola Brasil?

Programa desenrola Brasil
Programa desenrola Brasil

Para participar do programa e negociar suas dívidas, os interessados devem acessar o site oficial do Desenrola Brasil através deste link https://desenrola.gov.br

É necessário possuir uma conta Gov.br no nível Prata ou Ouro. Após o login, a seção “Minhas Dívidas” exibirá todas as dívidas elegíveis para o programa, detalhando os descontos oferecidos em cada oferta e a economia possível ao consumidor após a negociação.

O processo de negociação envolve a seleção das dívidas a serem renegociadas, indicando a opção de pagamento desejada. Para parcelamento, o próximo passo é escolher o banco para realizar o financiamento, sem a necessidade de ser correntista da instituição.

Ao prosseguir, é crucial definir a data de vencimento para a primeira parcela e analisar o plano de pagamento mais adequado. O portal oferece duas alternativas: uma com prazo menor e outra com parcelas mais reduzidas, permitindo que o usuário avalie a melhor proposta conforme sua situação financeira.

Após a escolha, é preciso confirmar os dados pessoais. As informações da proposta são encaminhadas ao banco selecionado para análise. Com a aprovação da instituição, o devedor deve selecionar sua forma de pagamento preferencial (débito automático, boleto ou Pix) e assinar o contrato, o qual é concluído em até dez minutos por meio de assinatura eletrônica.

Por fim, basta revisar e aceitar os termos da negociação. Os usuários têm acesso aos detalhes da contratação a qualquer momento, clicando em “Minhas Negociações” no menu superior.

Além disso, o governo federal promoverá o “Dia D – Mutirão Desenrola” na próxima quarta-feira (22) em colaboração com organizações da sociedade civil, bancos e outros credores.

Durante esse dia, as agências bancárias participantes ampliarão seus horários de atendimento, conforme suas políticas internas, em uma mobilização que inclui parcerias com instituições como Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, buscando estimular as renegociações de débitos e ampliar o alcance do programa.

Se você está buscando reorganizar suas finanças e negociar suas dívidas, esta é uma oportunidade valiosa oferecida pelo Desenrola Brasil, trazendo condições facilitadas para quem precisa regularizar sua situação financeira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *