Ibovespa abre em alta com sinalizações mistas

Latest NewsNewsPopular NewsRecent News

Bolsa brasileira sobe no início do pregão, mas Petrobras cai após troca na presidência.

O Ibovespa opera em alta na manhã desta quarta-feira (15), com investidores digerindo a ata da última reunião do Copom, o balanço e troca no comando da Petrobras (PETR4), e aguardando dados da inflação ao consumidor nos Estados Unidos.

No cenário externo:

  • Índice de preços ao consumidor americano deve ter subido 0,4% em abril, em uma base mensal, ou 3,4% em relação aos 12 meses anteriores.
  • Economia da zona do euro cresceu 0,3% no primeiro trimestre do ano, em linha com o esperado.

No mercado doméstico:

  • Magda Chambriard é a nova presidente da Petrobras, substituindo Jean Paul Prates.
  • Ativa Investimentos lamentou a troca na presidência, classificando-a como negativa.
  • Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) recuou 0,34% em março, praticamente em linha com o consenso.

Mercados:

  • Nasdaq 100 Futuros: -0,04%
  • S&P 500 Futuros: estável
  • Dow Jones Futuros: +0,04%
  • Ibovespa Futuros: -1,23%
  • Dólar: +0,42%, a R$ 5,1516
  • Petróleo WTI Futuros: -0,55%, a US$77,59
  • Petróleo Brent Futuros: -0,63%, a US$81,86
  • ADRs da Vale (NYSE:VALE): -0,48%, a US$12,50
  • ADRs da Petrobras (NYSE:PBR): -7,31%, a US$15,47
Ibovespa abre em alta com sinalizações mistas
Ibovespa abre em alta com sinalizações mistas

Dólar e Ibovespa

Ibovespa:

  • O Ibovespa abriu em alta de 0,28%, a 123.551 pontos, mas recuou ao longo da manhã e opera agora com queda de 0,17%, a 123.171 pontos.
  • Esse movimento segue a tendência das últimas 6 sessões, todas com quedas.
  • As principais influências para a queda do Ibovespa hoje são:
    • Preocupações fiscais: Investidores estão apreensivos com o aumento das despesas públicas e a possível flexibilização do teto de gastos.
    • Troca no comando da Petrobras: A demissão de Jean Paul Prates e a nomeação de Magda Chambriard geraram incertezas no mercado.
  • Apesar da queda, alguns analistas acreditam que o Ibovespa pode ter um bom desempenho no longo prazo, impulsionado por fatores como o crescimento da economia brasileira e a queda da taxa de juros.

Dólar:

  • O dólar comercial está em alta de 0,50%, cotado a R$ 5,24.
  • Essa é a sexta alta consecutiva da moeda americana.
  • O principal fator para a valorização do dólar é a expectativa de que o Banco Central dos Estados Unidos continue subindo os juros para combater a inflação.
  • Alguns analistas acreditam que o dólar pode continuar subindo no curto prazo, mas que a tendência de longo prazo é de queda, devido à melhora da economia brasileira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *