Ibovespa fecha em alta, com varejo e petróleo impulsionando

Ibovespa fecha em alta, com varejo e petróleo impulsionando
Ibovespa fecha em alta, com varejo e petróleo impulsionando

O Ibovespa fechou em alta de 0,26%, aos 130.900 pontos, nesta sexta-feira (12). O índice foi puxado pelos papéis do varejo, que subiram em bloco, com destaque para o GPA (PCAR3), que disparou 11,17%.

A Vale (VALE3) caiu 1,27%, pressionada pela queda do minério de ferro na China. A MRV (MRVE3) também perdeu 6,79%, em meio a preocupações sobre o cumprimento do guidance da empresa para o ano.

Os bancos também contribuíram para a queda do Ibovespa, com Bradesco (BBDC4), Santander (SANB11) e Itaú Unibanco (ITUB4) registrando perdas.

Varejo

Os papéis do varejo subiram em bloco, com destaque para o GPA (PCAR3), que disparou 11,17% após acionistas e credores do controlador na França aprovarem plano de proteção acelerado.

Carrefour (CRFB3) também subiu, com amplos 4,97%, com elevação de recomendação por um grande banco.

Magazine Luiza (MGLU3) também conseguiu alta ampla, com 3,67%, enquanto Lojas Renner (LREN3) valorizou 3,10%.

Petrobras

As tensões no Oriente Médio avançaram, especialmente no mar Vermelho, com os EUA e Reino Unido atacando os rebeldes do Iêmen. O petróleo acabou fechando em disparada, o que ajudou a Petrobras (PETR3;PETR4) a subir 0,53% e 0,26% (mínima do dia), respectivamente.

As petro juniores também se beneficiaram e PRIO (PRIO3) ganhou 1,27%.

Dólar

O dólar fechou em queda de 0,37%, a R$ 5,23.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *