Inflação acima do esperado pressiona Ibovespa e juros futuros

Inflação acima do esperado pressiona Ibovespa e juros futuros
Inflação acima do esperado pressiona Ibovespa e juros futuros

O Ibovespa opera perto da estabilidade nesta terça-feira, 28 de novembro, com foco nos dados do IPCA-15 de novembro e no comportamento das commodities. Às 11h21, o índice subia 0,15%, aos 113.201 pontos.

O IPCA-15, que mede a inflação oficial brasileira, subiu 0,72% em novembro, acima do esperado pelo mercado, que projetava alta de 0,64%. O resultado contribuiu para pressionar os juros futuros, que subiram na abertura do pregão.

As commodities metálicas, por outro lado, operam em baixa, com o minério de ferro caindo 0,28% e o petróleo Brent caindo 2,53%. A queda das commodities metálicas pressiona as ações de empresas do setor, como Vale e Gerdau.

No noticiário corporativo, a possibilidade de troca de ações entre Eneva e Vibra e de federalização da Cemig também movimentam o mercado.

Ações em destaque:

  • Vale (VALE3): subia 2,25%, a R$ 116,64.
  • Petrobras (PETR3): subia 0,95%, a R$ 35,35.
  • Eneva (ENEV3): subia 1,25%, a R$ 25,99.
  • Vibra (VIVT3): subia 0,95%, a R$ 19,48.
  • Cemig (CMIG4): subia 1,15%, a R$ 11,38.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *