Senado autoriza empréstimos internacionais para estados, municípios, bancos públicos e União

Senado autoriza empréstimos internacionais para estados, municípios, bancos públicos e União
Senado autoriza empréstimos internacionais para estados, municípios, bancos públicos e União

Recursos serão usados para pagar dívidas com precatórios, investir em infraestrutura e sustentabilidade

Essa notícia informa que o Senado aprovou 12 empréstimos internacionais para estados, municípios, bancos públicos e para a União. Os dois maiores valores foram para o Banco do Brasil e para o estado do Rio Grande do Sul. Em vários casos, os recursos serão utilizados para pagar dívidas com precatórios, que são dívidas judiciais de entes públicos.

O empréstimo do Banco do Brasil será de até 500 milhões de dólares para soluções financeiras que ajudem a reduzir os efeitos das mudanças climáticas. O empréstimo do Rio Grande do Sul será de até 500 milhões de dólares para apoiar a sustentabilidade fiscal do estado.

Outros estados autorizados a tomar empréstimos internacionais incluem São Paulo, para projetos digitais, Belém para drenagem de bacia hidrográfica, Piauí para sustentabilidade fiscal e saúde, Acre para saneamento e sustentabilidade fiscal e Rio de Janeiro e Tocantins, também para equilíbrio fiscal.

Os projetos foram aprovados em regime de urgência antes de seguirem para promulgação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *